Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Tempera com Sol

Tempera com Sol

Peixe gato com tagliatelle

Duas receitas, um só post!

08.05.21, Tempera com Sol

Hoje voltei ao baú e trago outro antigo folheto do Pingo Doce, para partilhar uma receita adaptada. Tal como os  medalhões de pescada com massa folhada,  esta receita pertence ao grupo das campeãs cá em casa, tanto na versão original, como na modificada.     

IMG_20210128_162444 (4).jpg

Logo à primeira vez, fui mesmo obrigada a fazer alterações, pois não encontrei tagliatelle de caril (nem sei se ainda existe), nem manjericão. Usei massa seca e acrescentei um pouco de caril em pó. Dispensei o manjericão, os dentes de alho (uso em pó) e a cebola e não me arrependi!

Quando descobri a one pot pasta,  rapidamente adaptei este prato para esta técnica. Ficou mais rápido, mais prático e, sem dúvida, reduzi os desperdícios e os gastos! Junto tudo na mesma panela, ao mesmo tempo, com água suficiente para cozer a massa (por precaução, prefiro por pouca água e ir acrescentando aos poucos, se necessário).

Continuo a fazer muitas vezes este prato e sempre com sucesso! Só que, num belo dia, tinha descongelado dois filetes de peixe gato e não me ocorria qualquer ideia para fazer uma refeição bem rápida e sem grande trabalho. Lembrei-me de fazer esta e apenas substituir a proteína. O resultado foi fantástico! Aqui entre nós, até prefiro o sabor com peixe gato, mas não contem a ninguém!

 

IMG_20201208_202806.jpg

Dica 1: Como nem sempre encontro espinafres frescos, substituo pelos congelados, com igual sucesso. Neste caso, reduzo um pouco a quantidade de água.

Dica 2: Uso algumas vezes ananás em conserva, no lugar do fresco.

Dica 3: Quando uso milho enlatado, aproveito a água da lata e diminuo a quantidade da água (e sal) acrescentada.

Dica 4: Prefiro as sementes de girassol ligeiramente torradas, porque marcam a diferença.

Dica 5: Já substitui a massa por tagliatelle verde (espinafres) e também fica ótima!