Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tempera com Sol

Tempera com Sol

Arroz de atum, grelos, abóbora e cebola

01.12.20, Tempera com Sol

Sabem aqueles dias em que planeiam tudo direitinho na cozinha (aproveitar o forno acesso, preparar refeições para a semana, preparar os legumes frescos que nos deram antes que se estraguem, fazer uma sobremesa, etc, etc, etc) e depois descobrem que falhou uma coisa básica? Pois é, aconteceu-me!

O sábado e o domingo são muitas vezes aproveitados para fazer meal prep. Hoje deixo aqui algumas ideias da Cláudia Ganhão, mas prometo que  um dia destes escrevo um pouco mais sobre este assunto.

Desta vez, tinha muitos legumes em casa queria aproveitá-los ao máximo. Estava tudo bem lançado, quando dei conta que o prato principal pensado para esse almoço, implicava ficar com muitas sobras para congelar e não havia espaço de congelação. Tive mesmo de alterar a refeição e improvisar!

Olhei para a abóbora e os grelos e decidi juntá-los num arroz. Achei que a cebola e o atum também ficavam bem nessa combinação. Resultado: um maravilhoso arroz, numa panela só, que ganhou o estatuto de prato a repetir muitas vezes e prato simples e rápido quando não há nada planeado.

 

IMG_20201123_131403.jpg

 

O que levou mesmo este arroz? 1 chávena de abóbora bolina (ou manteiga) cortada em bocados com casca, 1 chávena de grelos, 1 cebola média cortada em meias luas, 1 chávena de arroz carolino, 2 chávenas de água e 2 latas de atum ao natural. Usei a minha técnica preferida na cozinha: one pot pasta! Juntei tudo na mesma panela, acrescentei um pouco de sal, pimenta, alho em pó, açafrão e azeite e levei a cozinhar em lume brando. Mexi levemente de vez em quando, só para garantir uma cozedura homogénea. Quando a água secou, desliguei o fogão e deixei repousar uns minutos. Ficou surpreendentemente apetitoso!

Sei que a combinação de atum e arroz até é bastante popular, mas eu nunca tinha usado. Algum dia tinha de acontecer!

Se preferir um arroz mais caldoso, acrescente um pouco de água. Eu gosto muito deste meio termo entre uma arroz seco e um arroz com calda, muito parecido com um risoto, mas sem vinho, sem queijo e sem manteiga. Fica a dica para um improviso!