Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Tempera com Sol

Tempera com Sol

Gelado de iogurte

Receitas improváveis

12.09.21, Tempera com Sol

Quem não gosta de gelados? Pouca gente, acho eu! Com este calor, ainda apetece mais!

Já aqui falei e partilhei o gelado de melancia e o gelado desperdicio zero.  Desta vez venho falar dos gelados de iogurte.

Não é bem daqueles maravilhosos gelados cremosos que se fazem com base de iogurte e que se encontram em algumas gelatarias. Esses eu nunca consegui reproduzir, mas ainda não desisti!

Habitualmente “produzo” outros. Às vezes são simplesmente iogurtes de fruta ou queijinhos frescos com polpa de fruta (muito conhecidos pelo nome de uma das marcas) congelados.

IMG_20200911_135025.jpg

A maneira mais simples de os fazer é espetar algo que possa funcionar como pau de gelado.  Pode ser um pau de madeira ou de plástico, daqueles próprios para gelado ou até mesmo uma colher de chá ou de café. Basta fazer um pequeno golpe na tampa do iogurte, fazer passar o pau ou colher por esse orifício e levar imediatamente ao congelador. Horas depois, é só passar a embalagem por água fria, tirar a tampa, desenformar e deliciar-se.

IMG_20200911_134204.jpg

Os queijinhos ficam especialmente deliciosos, porque são mais densos, mais cremosos, mas todos são saborosos. São também uma excelente opção quando só nos apetece uma dose mini de gelado, mas que satisfaz. Estas variações têm geralmente menos açúcar que um gelado de compra e habitualmente bem menos aditivos.

Também já fiz várias misturas de iogurte natural com fruta cortada e congelada, recorrendo à banana congelada como base doce. Outra variante é misturar frutas doces, como cerejas, cortadas e sem caroço, com iogurte grego natural. Depois é só levar ao congelador. Puré de fruta como pêssegos, ameixas, morangos, manga, também é muito bom para misturar com iogurte ou leite de coco ou leite evaporado. Eu não consigo dizer as quantidades exatas, pois vou provando para ver a doçura e consistência.

Estas dicas servem também como uma boa maneira de evitar que os iogurtes e queijinhos ultrapassem o prazo de validade ou para aproveitar o leite evaporado não usado na sobremesa. Se for um iogurte grande, divido por forminhas, como as das fotos e lá vão eles! Bom proveito!